Últimos assuntos
» You're not prepared
Qua Jan 04, 2012 2:13 am por shin

» De onde veio o seu nick?
Seg Dez 05, 2011 7:19 pm por Haruno Sakura

» Parabéns Ayaka!!!
Sab Nov 05, 2011 2:59 pm por SagaX

» Criei um pra mim tbm -Q
Dom Out 30, 2011 1:23 am por Hamikyo

» Joguinho novo! Vemk gente!
Sab Out 29, 2011 4:11 pm por Mimy-chan

» AEW!! O ENEM JA PASSOU
Ter Out 25, 2011 9:14 pm por Hamikyo

» O Oráculo do Kyohey!!
Dom Out 16, 2011 2:33 pm por Kyohey

» Esse cachorro desnaturado .. u.ú
Dom Out 16, 2011 1:41 pm por Kyohey

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Parceiros
































Link-nos


Status

[Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Ir em baixo

[Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Katsuo em Qua Maio 18, 2011 3:16 am


  1. Essa fanfic não é recomendada para menores de dezesseis anos
  2. Esse textos é recheados de clichê
  3. Esse texto não faz o menor sentido
  4. Não me considerem um pervertido por escrever algo assim


O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I




Há anos Katsuo tinha costume de passear a cavalo pelo bosque, poucos ousavam a cruzá-lo da maneira que ele o fazia. A maioria acreditava que o bosque pertencia as fadas e que lá havia um antro de perdição místico, onde as fadas celebravam a vidas com suruba intermináveis e ritos satânicos. Ele não acreditava nessas histórias, já não era mais criança e nunca tinha visto uma fada.

Tinha vinte e dois anos, estava na idade de casar, constituir família e ter seus filhos. Sua mãe pertencia a antiga linhagem real, logo era a soberana legítima daquele reino, que um dia pertenceria a cascavel de sua irmã, Natasha. Cobra bem criada, ela puxara sua mãe e era arrogante e cruel. Juntas, mãe e filha passavam o dia atormentando Katsuo, privando-o de todos os prazeres, maltratando-o e obrigando a realizar serviços insalubres, mesmo tendo servos para todos os tipos serviços. Ambas tinham inveja de sua masculinidade e sua beleza inigualável, que aumentava conforme as estações passavam, enquanto elas definhavam.

Para fugir de tudo isso, Katsuo corria pelo bosque, nadava pelado, cantava sobre sua tristeza e esperanças com um passarinho azul em sua mão. Ele sentia-se em um verdadeiro clássico da Disney e esquecia que tinha Frankenstein como irmã e A Múmia como mãe. Foi em um desses momentos mágicos que ele a viu. Ela também estava correndo pelo bosque, com seus cabelos negros dançando no ar. Ele tentou segui-la, mas ela desaparecera.

Ele ficou horas procurando-a e passou as semanas seguintes com esse objetivo. Várias vezes pensou estar enganado, aquilo poderia ser muito bem uma imagem criada por um dos cogumelos que ele tinha ingerido ou uma ilusão gerada pela erva que tinha fumado momentos antes. Então ele a viu e ela não estava só.

Ela corria, corria para salvar sua vida e provavelmente sua castidade daquelas criaturas. Katsuo não pensou duas, sacou seu saber de luz e colocou-se entre aquela maravilhosa ninfa e seus algozes.

— Como ousam a atormentar tal anjo? Seus... seus... — Katsuo parou para analisar seus oponentes. Eram peludos, tinham no máximo cinqüenta centímetros de altura e possuiam grandes dentes frontais. Ele não tinha idéia de que porcarias eram aquelas coisas, virou-se para sua protegida e perguntou — O que diabos são essas coisas?

— São hamsters selvagens, meu senhor, eles me perseguem e desejam me deflorar — Sua voz era como um sino, ele jamais esqueceria aquela voz, estava gravada em sua cabeça igual as letras chicletes de Lady Gaga — Por favor, salve-me, oh delicioso.

Era impossível resistir tal súplica carregada de tanta doçura e luxúria. Os hamsters perceberam o perigo e dois voaram em cima de Katsuo, por reflexo ele rasgou ambos ar e o som eletrônico de seu saber de luz quebrou o silêncio seguido por gritos da Ninfa.

Um dos hamsters a arrastava pelos cabelos para o mato e tentava a despi-la. Ao tentar correr em sua direção, Katsuo foi interceptado e mordido em seu calcanhar. A dor foi imediata, mas não havia tempo, ele se ajoelhou para não ter problemas nas costas e começou o combate.

Os Hamsters eram resistentes, restavam-se cinco e todos eles atacavam ao mesmo tempo. Katsuo nunca fora preparado para isso, nunca estivera em um combate e nunca pensou que seus inimigos o morderia, tentariam cega-lhe com jatos de urina ao mesmo tempo que atacavam com lanças. Seu corpo doía e ele apresentava os primeiros sinais de cansaço. Não queria morrer naquele lugar, não queria morrer para aqueles rato e definitivamente não queria morrer assistindo a única criatura do mundo a qual se interessara ser beijada e apalpada por um roedor. Uma lança voava em sua direção e ele sabia não tinha como desviar, era o fim e tudo ficou escuro.

Ele ouvia aquela voz abafada o chamando, poderia jurar que era o paraíso se não fosse o cheiro de urina e de algo azedo. Ainda tonto, tateou seu corpo e não encontrou uma lança cravada em seu corpo, mas alça de sua mochila estava partida. Então ele entendeu. Ele desmaiara, a lança acertou a alça de sua bolsa e expôs o queijo, os cogumelos e uma pequena garrafa de vinho que li carregava. A garrafa quebrou e seu conteúdo foi misturado ao queijo que ainda estava no local. Os ratos fugiram com os cogumelos.

Há poucos metros a dama estava amarrada em uma arvore. Ele foi em sua direção e perguntou:

— Como se chama Ninfa da floresta? — Então tirou o pano que estava marrado na boca e impedindo de falar, então finalmente ela disse:

— Sou Kurochan, senhora do bosque e princesa das fadas devassas.
avatar
Katsuo
Succubus
Succubus

Masculino Mensagens : 611
Data de inscrição : 08/05/2011
Localização : O Armário sob a escada; apanhando gostoso da Yukino, apertando as bochecas da Kallen; Rua dos Alfeneiros - Nº 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Kallen em Qua Maio 18, 2011 4:12 pm

AI MEU DEUS
HASOIHIASOHIASOHAISHPASHASHPOAHOASHPOASHOPHOASPHOPAS
RI DEMAIS COM A FIC *colapso*
surtei quando li que eram Hamsters selvagens
ficou super engraçada HAHIOHAISHIASHISAHIOASHOHASOHOISAHOISA

Sou Kurochan, senhora do bosque e princesa das fadas devassas.
MIJEI HASOOHIASOHISHOIOAHSIOHIASHOIASOHIHOIASOHIASOHIA

continue escrevendo, por favor, adorei HUAHUASHASHUAHUA
avatar
Kallen
Vampire
Vampire

Feminino Mensagens : 335
Data de inscrição : 08/05/2011
Idade : 24
Localização : O Armário sob a escada; brincando de joquempô com a Yukino e mordendo o Katsuo; Rua dos Alfeneiros - Nº 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Ayaka em Qua Maio 18, 2011 4:21 pm

Ele sentia-se em um verdadeiro clássico da Disney e esquecia que tinha Frankenstein como irmã e A Múmia como mãe.
Prevejo a morte de alguém -Q

KAOSKAOKSOPKAPSKPOASPO ! Ficou muito bom mesmo e super engraçado xD Terá continuação , né ?

_________________




avatar
Ayaka
Unicorn
Unicorn

Feminino Mensagens : 1679
Data de inscrição : 11/05/2011
Idade : 24
Localização : Em casa , observando o Kyohey dormindo em sua casinha

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Katsuo em Qua Maio 18, 2011 5:27 pm

Kallen escreveu:AI MEU DEUS
HASOIHIASOHIASOHAISHPASHASHPOAHOASHPOASHOPHOASPHOPAS
RI DEMAIS COM A FIC *colapso*
surtei quando li que eram Hamsters selvagens
ficou super engraçada HAHIOHAISHIASHISAHIOASHOHASOHOISAHOISA

Sou Kurochan, senhora do bosque e princesa das fadas devassas.
MIJEI HASOOHIASOHISHOIOAHSIOHIASHOIASOHIHOIASOHIASOHIA

continue escrevendo, por favor, adorei HUAHUASHASHUAHUA

Obrigado Kallen <3

Que bom que gostou, eu errei em alguns pontos. Escrevi isso bêbado de sono, depois vou revisar para ver se está tudo ok. Espere pelo seu papel HUAEHUEAUHEAHUEA

Ayaka escreveu:
Ele sentia-se em um verdadeiro clássico da Disney e esquecia que tinha Frankenstein como irmã e A Múmia como mãe.
Prevejo a morte de alguém -Q

KAOSKAOKSOPKAPSKPOASPO ! Ficou muito bom mesmo e super engraçado xD Terá continuação , né ?

Sim, mamãe me matará UHEHAUAEHUEAUHEAUH

Sim, terá e você entrará na fic cedo ou tarde A_A.
avatar
Katsuo
Succubus
Succubus

Masculino Mensagens : 611
Data de inscrição : 08/05/2011
Localização : O Armário sob a escada; apanhando gostoso da Yukino, apertando as bochecas da Kallen; Rua dos Alfeneiros - Nº 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Lutra D. Eros em Qua Maio 18, 2011 5:47 pm

Ficou muito bom, comedia legal '-' lí mesmo sem ter 16 anos, ví tanta coisa.. e.e melhor nem comenta-las. E tem que haver continuação '-' nao nos deixe sem, por favor *-*

Esse tambem merece o selo do Chuck Norris, coisa nova. Comecei a botar o selo faaz pouco tempo '-'


Lutra D. Eros
Demon
Demon

Masculino Mensagens : 949
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Yukino em Qua Maio 18, 2011 9:11 pm

Euri xD Nem me ofendo, sei que no fundo você me ama
Aguardo o próximo capítulo e.e
avatar
Yukino
Vampire
Vampire

Feminino Mensagens : 341
Data de inscrição : 17/02/2011
Idade : 26
Localização : O Armário sob a escada; espancando o Katsuo enquanto brinco de joquempô com a Kallen; Rua dos Alfeneiros - Nº 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Natsumi em Qui Maio 19, 2011 9:25 pm

WATANUKI, EU SÓ NÃO TE MATO PORQUE EU QUERO LER O PRÓXIMO CAPÍTULO
MAS EU NÃO SOU TIRANA NEM UMA MÚMIA Ç_Ç

Sou uma jovem mãe que terá pra sempre 16 anos u_u
avatar
Natsumi
Vampire
Vampire

Feminino Mensagens : 255
Data de inscrição : 08/05/2011
Idade : 24
Localização : Capital da Bala Perdida

Ver perfil do usuário http://natsumiland.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Ayaka em Qui Maio 19, 2011 9:27 pm

Katsuo escreveu:Sim, terá e você entrará na fic cedo ou tarde A_A.

Não se deveria ficar feliz com isso ._.' KAOSKPAKOPS !
Mas continue escrevendo x3

_________________




avatar
Ayaka
Unicorn
Unicorn

Feminino Mensagens : 1679
Data de inscrição : 11/05/2011
Idade : 24
Localização : Em casa , observando o Kyohey dormindo em sua casinha

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Kallen em Sab Maio 28, 2011 12:46 pm

Espere pelo seu papel HUAEHUEAUHEAHUEA
sinto cheiro de risada maligna o_o
HUASHUASHUASHUASUHHUAS medo
ansiosa pelo próximo capítulo :3
avatar
Kallen
Vampire
Vampire

Feminino Mensagens : 335
Data de inscrição : 08/05/2011
Idade : 24
Localização : O Armário sob a escada; brincando de joquempô com a Yukino e mordendo o Katsuo; Rua dos Alfeneiros - Nº 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por mikaero em Qua Jun 08, 2011 9:50 pm

xD
Eu só lembro que ri tanto lendo uma fic quando me enviaram uma sátira de Naruto muito bem bolada. Mas a sua está divina. Se eu risse mais eu morreria com o refluxo!
avatar
mikaero
Vampire
Vampire

Masculino Mensagens : 308
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 26
Localização : Inferno

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Original] Crônicas de Kurochan: O Bosque, o Saber e a Ninfa — Capítulo I

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum