Últimos assuntos
» You're not prepared
Qua Jan 04, 2012 2:13 am por shin

» De onde veio o seu nick?
Seg Dez 05, 2011 7:19 pm por Haruno Sakura

» Parabéns Ayaka!!!
Sab Nov 05, 2011 2:59 pm por SagaX

» Criei um pra mim tbm -Q
Dom Out 30, 2011 1:23 am por Hamikyo

» Joguinho novo! Vemk gente!
Sab Out 29, 2011 4:11 pm por Mimy-chan

» AEW!! O ENEM JA PASSOU
Ter Out 25, 2011 9:14 pm por Hamikyo

» O Oráculo do Kyohey!!
Dom Out 16, 2011 2:33 pm por Kyohey

» Esse cachorro desnaturado .. u.ú
Dom Out 16, 2011 1:41 pm por Kyohey

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Parceiros
































Link-nos


Status

Discussão sobre psicológico.

Ir em baixo

Discussão sobre psicológico.

Mensagem por Fredo em Dom Jun 05, 2011 3:07 am

Então.

Estou mal por causa da grande quantidade álcool ingerido, mas então, conversando com o SagaX, num estágio pós bebida (leia-se 4everesaca!), abordamos, levemente, uma conversa promissora:

Qual o psicológico de uma pessoa é afetado por momentos de crise? O quanto uma pessoa pode traumatico para uma pessoa viver num inferno/apocalipse tendo que acreditar que cada dia é seu último? E se fossem zumbies, como que as pessoas reagiriam, de verdade, numa situação dessas?

O que se passa em filmes, séries e até mesmo mangás, é o lado bom daquela merda toda. Quase nunca se é focado o lado pessoal dos envolvidos, geralmente se aborda seus heroísmo e cagadas mentirosas afim de sobreviver. Poucos são aqueles abordam a tristesa, a fúria e a distorção mental dos personagens.

Por exemplo, falar em suposições é simples. Hoje tenho convição de que se minha cidade fosse invadida por um ataque zumbie eu estaria disposto a lutar nem que fosse com um cutelo (çol dr mundo!)

Mas se, REALMENTE, acontecesse, será que eu continuaria com meu grande sorriso 90% do dia? Será que eu aguentaria ficar sóbrio? Será que eu iria lutar de verdade para proteger meus companheiros? Ou fugiria quando EU estivesse ameaçado? Seria um héroi? Um covarde? Estruparia as mulheres? Mataria um companheiro, ainda vivo, que tivesse sido mordido? Teria coragem de me matar se eu fosse mordido?

avatar
Fredo
Zombie
Zombie

Masculino Mensagens : 145
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 28
Localização : Overworld Map

Ver perfil do usuário http://working4fun.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão sobre psicológico.

Mensagem por SagaX em Qui Jun 23, 2011 3:08 am

A questão da invasão zumbi é realmente um ótimo tópico... Vemos em mangás/anime/jogos vários momentos fodelões, cheio de pressão e fodacidade alheia... Mas não vemos nenhum momento de "Caralho, fudeu! Tenho mais ninguém no mundo e posso morrer a qualquer minuto! Para que eu quero viver?"

Numa situação de crise como essas, realmente é difícil prever o que aconteceria... Eu creio que nesses momentos é que se revela o lado selvagem e instintivo do ser humano... Afinal, somos animais no fundo... E o maior instinto do mundo animal é a "sobrevivência", não importando mais nada, apenas a perpetuação e continuidade da espécie.

Acho que seres humanos se renderiam ao instinto e matariam sem dó, sexo seria muito mais selvagem, adrenalina nas alturas e tudo mais... Mas isso só para os que se rendessem à vontade de sobreviver, ao seu lado animal... Os que ainda tentassem permanecer humano, com certeza morreriam facilmente... Haveria um certo regresso mental e o ser humano perderia muita parte dessa coisa de sentimento e razão...

Com certeza tudo mudaria, ninguém conseguiria mais ser tão feliz quanto é normalmente ou até tão triste quanto é normalmente... Os que sobrevivessem, mudariam, se tornariam animais lutando pela sobrevivência no meio de uma gaiola cheia de predadores... Os que tentassem se manter os mesmos, morreriam facilmente, se tornando novos zumbis...
avatar
SagaX
Succubus
Succubus

Masculino Mensagens : 431
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 25
Localização : The Land Of Metal

Ver perfil do usuário http://ogremlingordo.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão sobre psicológico.

Mensagem por Namine em Sex Jun 24, 2011 9:12 pm

Um ótimo assunto para ser discutido.

Em minha opinião, acredito que as pessoas de "hoje em dia" estão muito ligadas ao mundo "não real", um mundo onde você pode fazer QUASE TUDO (Games), em um mundo que o medo de ver à verdade é extrema (Filmes/Animes/Mangás). As pessoas sempre dizem para nós olharmos para o lado BOM de uma situação, mas nunca dizem para vermos os dois lados e encontrar o caminho que está no meio dessas duas opções, bom e ruim.

Numa situação como essa, onde a cidade é atacada por "Zumbis", podemos ver muito bem como as pessoas de hoje em dia estão apegadas, umas nas outras! Acredito eu, que isso seja ruim, pois sem alguém, nós somos levados facilmente ao estado depressivo, até ficarmos loucos.

Os que sobrevivessem, mudariam, se tornariam animais lutando pela sobrevivência no meio de uma gaiola cheia de predadores...
Discordo de você, SagaX!
Esses tais ditos que tentariam mudar , onde se tornariam animais lutando, é algo completamente idiota, em minha opinião. Nós nos ferramos muito hoje em dia, por deixarmos esse lado "animal" chegar a um ponto extremo.
O homem esquece que temos um lado MARAVILHOSO, onde pensamos e temos a capacidade de raciocinar, um nível que nenhum outro animal tem, o único lado onde podemos nos dizer que somos diferentes! Simplesmente esquece e deixa que o lado selvagem/animal o deixe levar, assim não pensando no BOM E RUIM da situação!
avatar
Namine
Demon
Demon

Feminino Mensagens : 958
Data de inscrição : 08/05/2011
Idade : 24
Localização : No banheiro, comendo brigadeiro com o George, em cima do vaso sanitário.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão sobre psicológico.

Mensagem por mikaero em Sex Jun 24, 2011 9:56 pm

Boas opiniões e eu tenho que concordar parcialmente com as duas.

Claro, em qualquer situação que nós adotamos como "fantasiosa" é difícil prever qual será o comportamente humano, principalmente nas que envolvem o "fim do mundo" como invasão zumbi.

Neste caso, eu acho que tanto a opinião do Saga quanto a da Namine são válidas. Como assim? O instinto de sobrevivencia sim será o ponto inicial, de alguma forma o homem vai precisar ficar mais selvagem, nem que seja no principio de tudo. Os que não forem tão frios, agressivos e selvagens tem chances maiores de morrer, afinal a situação vai exercer um pensamento bem egoista "Eu preciso sobrevier acima de tudo". Mas não é por isso que o homem vai virar um animal.

O pensamento e todo o conhecimento adquirido com o tempo, até o das relações interpessoais, também serão importantes. Claro, a melhor saida para o humano em uma situação dessa será andar em grupos, mas só o fato de ser um grupo vai ser preciso um lider. Se o lider for um cara animal, selvagem e tudo mais o grupo tenderá à ruina. Porem um lider que sim, seja as vezes frio, mas que saiba interagir com os outros e quando deixar os sentimentos dominarem pode fazer o grupo sobreviver por muito mais tempo.

Sem falar que pode haver contato com outros sobreviventes, nesse contato também vai ter que ter razão acima de emoção. Além disso, grupos que tem boas estrategias de sobrevivência também irão viver por mais tempo.

Mas é claro que algumas coisas vão ficar bem mais brutas. Um grupo sem mulheres, por exemplo, quando achar uma sobrevivente do sexo feminino provavelmente irá cair em cima estrupando-a e tudo mais. Propriedade particular será algo não tão respeitado e por aí vai.

Mas eu vou entrar na parte que eu acho que ovelha queria discutir MESMO. Será que eu faria que nem nos jogos, filmes ou livros? Será que todo o meu conhecimento no dia em que uma coisa dessas, como invasão zumbi, acontecer de verdade eu vou agir como penso agora, ou vou achar que é só ilusão minha e morrer depois de dois minutos?

Sinceramente, não sei dizer. Isso é muito imprevisível, mas, apesar de ser apenas zoação e resenha, os nerds que gostam de zumbi e são mais informados com relação a isso irão se acostumar mais fácil. Parece meio obvio mais não é. Não deve ser fácil se familiarizar com mortos que estão andando para te devorar, mesmo para quem já lia sobre isso. Porem essa informação previa, mesmo se não acontecer da maneira exata, vai condicionar essa pessoa para agir da forma "certa" quando a situação apertar. E logo depois desta primeira experiência, se ele sobreviver, conseguirá ir linkando o que sabe com que está acontecendo, e ir se adaptando ao novo mundo.

No meu caso, em uma invasão zumbi ou alienigena, eu ACHO que viveria mais do que qualquer outro de minha faculdade. Pode parecer brincadeira, mas sempre que eu e meu pai compramos algo nós nos perguntamos "Será eficiente contra zumbis?" foi assim com a maça disfarçada de bengala, a bengala flexivel com ponta de aço, as várias facas aqui de casa, o arco e flexa, minhas espadas de madeira, a katana afiada e nosso sonho de consumo...Two handed Great Sword da Cold Steel.
avatar
mikaero
Vampire
Vampire

Masculino Mensagens : 308
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 26
Localização : Inferno

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão sobre psicológico.

Mensagem por Fredo em Dom Jul 03, 2011 5:09 pm

De fato, uma invasão zumbi é um tanto improvavel. Porém, tendo eu mesmo colocado isso como hipotése, e como o assunto agrada, vamos ver o que eu tenho a dizer:

Numa circustância de ataque zumbi, a chance de sobrevivência, ainda mais na minha cidade, é nula. Aqui existe muitas favelas, prédios, shoppings e lugares de aglomeração em pontos estratégicos demais. Tem que ter muita sorte pra sobreviver. Sim, seu curso de Karatê e seus pulos de Parkour não ajudarão tanto se você não contar com 99.93% de sorte.

A policia, que pouco ajuda viva, ajudaria a mesma coisa morta. Um policial em circustâncias normais, carrega 2 balas de pistola consigo. Encontrar um policial morto, ou zumbificado, é ter a certeza que o máximo que conseguirá pegar dele é uma arma vazia.

Com poucos/nenhum lugares para se esconder, com armas de fogo sem munição e com a sorte diminuindo cada vez mais o sorriso que lançou a você, sobreviver se torna um feito hercúleo.

Porém sempre existe aqueles que desafiam todas as regras, e fazem o impossivel para dizer que, muitas vezes eu, está errado.

E no caso dos sobreviventes que acabaram de passar pelo momento fatal/supresa, eles já aprenderam o mai importante, que é "Meu rabo vem primeiro!". Aqueles que não aprenderem isso, morrerão concerteza protegendo alguem.

Não me interpretem mal. Mas eu estaria disposto as salvar Mika, Saga, Shin e muitos outros, mas não se eu fosse morrer.

Ao passar dos dias, com o grupo (sim, sempre há de ter um grupo, caso contrário, sobreviver é, de fato, impossivel, nem com a sorte +8 mil) cada vez mais cansado, mais nescessitado, carente, e, talvez, menor, que começão-se os problemas.

Acho que, neste inferno, as pessoas iam ficar um tanto perturbadas com a presença da morte, entes queridos mortos, falta de comida, falta de descanso, e toda a pressão de saber que é OHKO (One hit KO - uma bimbinha e você morre). Sem contar a saudade de dias normais.

Daí entra o texto do Mika. Sexo, Tabaco e Álcool, seriam as coisas mais importantes no dia dos verdadeiros sobreviventes. Munição? Comida de verdade? Descanço? Besteira. Caso isso aconteça no destino deles, encarariam como Bônus.

Numa invasão zumbi, Se eu não morresse nos primeiros minutos, eu concerteza iria fazer sexo sempre que pudesse, nem que tivesse que estrupar. Só beberia antes de dormir, e fumaria bastante (e olhe que nem fumante eu sou). Comeria pouco para estar sempre leve. Minha mente louca e feliz, seria tomada por desespero, medo e vontade de viver. Meu coração não mais teria voz, e matar teria que se tornar prazeroso para garantir a sobrevivência. O pouco conhecimento tático que possuo, seria espremido até a última gota, tudo estaria no limite, e mesmo tendo que fazer decisões sem pensar, no calor do momento, seriam todas certas. A maior parte do tempo, minha mente estaria vazia, sendo tomada apenas por "Ande com mais atenção" ou "Quero sexo".

Tristeza, Felicidade, Tempo livre, Morgança, Tédio, seriam sentimentos que eu não conheceria mais.

As relações interpessoais seriam eliminadas quase que completamente. Poucas palavras murmuradas resumiriam todo um diálogo.

Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir. Matar para Viver para Fazer Sexo e talvez Comer/Dormir.

Depois de alguns dias, ou meses, vivendo dessa forma, todos já estariam completamente frios. Sobreviventes gelados e calculistas, mestres da sobrevivência zumbi, que não ligariam nem mesmo para a morte de um companheiro.

Segundo Matanza, "Quem precisa lutar pra estar vivo enxerga muito melhor no escuro!"

Os sobreviventes high levels da parada não fariam a menor questão de se aliar a outros grupos, até porque, esses outros grupos, podem não estar "na mesma página" que eles, atrazando o grupo e morrendo. Apenas em falta de mulheres isso ocorreria.

Tenho mais a dizer, mas se eu estender demais ninguem lerá.
avatar
Fredo
Zombie
Zombie

Masculino Mensagens : 145
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 28
Localização : Overworld Map

Ver perfil do usuário http://working4fun.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão sobre psicológico.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum